“Os ataques cibernéticos e a legislação brasileira” – 18/02/2021

O sócio fundador André Damiani e a advogada Blanca Albuquerque foram destaque no Estadão:

“O Brasil tem sido palco de significativos vazamentos de dados pessoais. No último mês, foi descoberto o maior vazamento de dados da história do país, envolvendo 223 milhões de CPFs, bem como informações detalhadas — nome, endereço, renda e score de crédito, entre outros dados. A extensão do vazamento é tamanha, que supera em números a população atual do país, tendo em vista a inclusão de dados de pessoas já falecidas.

Em face de uma sequência de ataques hackers e de incidentes de segurança, instalou-se um ambiente de incertezas, no qual fraudes se tornarão mais fáceis e recorrentes, já que criminosos poderão possuir todos os dados de um indivíduo. Além disso, em posse de tantas informações, os cyber criminosos podem enviar mensagens ou fazer ligações se passando por instituições empresariais ou financeiras para promover novos golpes.”

Leia o artigo na íntegra

2021-02-22T15:18:36-03:00